Contacte-nos agora [+351] 227 154 420, E-mail: info@solarproject.pt

Solar Fotovoltaico

Energia produzida é injetada preferencialmente na instalação de consumo.

Eventuais excedentes de produção instantânea, podem ser injetados na RESP.

O modelo proposto pressupõe a adequação da capacidade de produção ao regime de consumo existente no local, minimizando a injeção de energia na RESP.

 

[ clique na imagem para ver o esquema ]

Modelo de Funcionamento
  • A unidade de produção (UPAC) produz preferencialmente para satisfazer necessidades de consumo.
  • A energia elétrica produzida é instantaneamente injetada na instalação de consumos.
  • O excedente produzido é injetado na RESP, evitando o desperdício.
  • A UPAC é instalada no local de consumo.
Processo Licenciamento
  • Processo gerido via plataforma eletrónica.
  • Entre 350W – 30 kW: Mera comunicação prévia
  • Entre 30 kW e 1MW: Registo + certificado de exploração + Seguro de responsabilidade civil:
  •  >1MW: Licença de produção + exploração:
Taxas de registo

Registo de UPAC com injeção na RESP

  • Até 30 kW – Insento
  • De 30 kW até 100 kW – 200 EUR
  • De 100 KW até 250 KW- 400 EUR
  • De 250 kW até 1 MW – 600 EUR

Registo de UPAC sem injeção na RESP

  • Até 30 kW –  Insento
  • De 30 kW até 100 kW – 140 EUR
  • De 100 KW até 250 KW- 200 EUR
  • De 250 kW até 1 MW – 400 EUR
Pequena Produção (UPP)

Energia produzida é totalmente injetada na RESP, com o valor da tarifa de venda fixa durante 15 anos.

Mantem o modelo de atribuição de tarifa via leilão, simplificando e agregando o antigo regime da Micro e Miniprodução.

[ clique na imagem para ver o esquema ]

Modelo de Funcionamento
  • A unidade de pequena produção (UPP) injeta a totalidade da energia produzida na RESP.
  • A Instalação de consumo associada, recebe toda a eletricidade proveniente do respectivo comercializador.
  • A UPP é instalada no local de consumo.
Tarifas de Venda à rede
  • No final de cada mês existe um  leilão onde são atribuídas as potências a cada categoria. A tarifa resultante deste leilão é a tarifa que fica em vigor  durante 15 anos.
Processo Licenciamento
  • Processo gerido via plataforma eletrónica.
  • Registo + certificado de exploração.
  • Inspeções obrigatórias.
Taxas de registo

 

Financiamento até 100 % para Empesas, IPSS e ADUPS:

A Solar Project, por forma a potenciar a rentabilidade das soluções energéticas nos seus clientes, estabeleceu parceria com uma empresa de Renting que garantirá o financiamento das propostas.

Na maior parte dos casos a poupança mensal das soluções propostas cobre o valor da renda do financiamento, garantindo assim, um investimento sem qualquer esforço financeiro.

Tratamos de todo o processo de forma fácil, simples e eficaz.

Vantagens do Renting:
  • O renting não é crédito;
  • Não é contabilizado no balanço como passivo, e não vai ficar com registo no Banco de Portugal;.
  • Cada renda que o cliente paga à entidade financiadora consegue deduzi-la em sede de IRC como uma despesa corrente;
  • O cliente no final do contrato poderá sempre adquirir a solução, comunicando que pretende exercer a opção de compra;
  • Não é necessário reconhecer notarialmente as assinaturas do contrato;
  • O processo é simples e rápido e não tem qualquer tipo de burocracia;
  • Os valores das rendas são sempre fixos;
  • Caso o contrato seja a curto prazo, o cliente tem o benefício de deduzir fiscalmente o investimento nesse mesmo prazo;

Solicitamos-lhe que introduza em pormenor toda a informação necessária. Seleccione o motivo do pedido de informações para este ser devidamente encaminhado.

Entraremos em contacto consigo com a maior brevidade possível.

Pedido de Informação


 

Miniprodução
Microprodução
Autoconsumo